Deprecated: Elementor\DB::is_built_with_elementor está obsoleto desde a versão 3.2.0! Use Plugin::$instance->documents->get( $post_id )->is_built_with_elementor() em seu lugar. in /var/www/vhosts/congresodeneuropsicologia.com/httpdocs/wp-includes/functions.php on line 5323
Utilização da Teoria da Resposta ao Item no aperfeiçoamento de testes neuropsicológicos | Congreso de Neuropsicología

QUINTA, 27 DE MAIO

Utilização da Teoria da Resposta ao Item no aperfeiçoamento de testes neuropsicológicos

Diego Rivera, MPH, Ph.D.

Descrição do Curso:

Ter dados normativos é de vital importância para interpretar adequadamente a pontuação de uma pessoa em um determinado teste neuropsicológico. Atualmente, o uso de escores “diretos” para a interpretação de resultados de testes neuropsicológicos é pouco utilizado. A razão para isso é que os escores diretos são fortemente afetados por variáveis demográficas (por exemplo, idade, escolaridade e sexo) e sua interpretação pode criar vieses significativos na configuração dos resultados da avaliação neuropsicológica. Os dados normativos dos testes neuropsicológicos destinam-se a determinar o desempenho do participante em relação a um grupo de referência e, atualmente, podem ser encontrados diferentes métodos para sua estimativa, como os baseados em regressão e estimadores IRT.

O IRT é uma abordagem mais apurada no estudo das propriedades psicométricas de um teste, permitindo que as respostas de um teste sejam modeladas de forma mais realista, pois utiliza os itens como unidade de análise e permite descrever algumas propriedades psicométricas do instrumento por meio de indicadores invariantes. Assim, a geração de dados normativos de um teste ou banco de itens a partir de seu θ estimado independe dos itens específicos administrados e o valor obtido pode ser comparado com o de outro avaliado que poderia até ter recebido um conjunto diferente de itens do banco.

Este workshop tem como objetivo:

  1. Explicar as bases teóricas da IRT na análise de bancos de dados com respostas dicotômicas.
  2. Conheça os pacotes R para estimativa de parâmetros em TRI.
  3. Colocar em prática a estimativa da curva característica do teste (CCT) e seu valor que corresponde nesta curva ao θ obtido pelo avaliado.
  4. Estimativa de dados normativos com base em regressões múltiplas do θ estimado.

Congreso de Neuropsicología usa cookies y tecnologías similares, propias y de terceros, con finalidad principalmente técnica y necesaria para prestación de nuestros servicios y mostrarles contenido relevante. ACEPTA para confirmar que has leído la información y aceptado su instalación. Puedes modificar la configuración de tu navegador.    Más información
Privacidad